Imagem capa - Curiosidades sobre o Bem Casado: o Doce da Sorte por Studio JR.
Casamento

Curiosidades sobre o Bem Casado: o Doce da Sorte

O bem casado é um doce marcante num casamento. Ele acompanha uma mensagem consigo, representando sorte aos noivos e convidados. Esse doce é o queridinho de todos, e você como noiva ou convidada de casamento não deixa de garantir o seu.


O que é bem casado para casamento?


Você deve saber o que é bem casado, já que esse delicioso doce é frequente tanto nos casamentos quanto em outras comemorações.


No Brasil, o tradicional bem casado é feito com duas camadas de pão de ló e recebe o recheio de doce de leite ou baba de moça. Por fora, são envolvidos por uma calda de açúcar.


Origem do bem casado


Esse doce surgiu em Portugal, há mais de 100 anos. O bem casado é conhecido pelos portugueses como “casadinho”.


Com sofisticados embrulhos e laços, a guloseima sofreu diversas transformações com o passar do tempo. De acordo com a origem do bem casado, a receita inicial tinha recheio de ovos moles.


A diferença atual entre o casadinho português e o bem-casado brasileiro é quanto à massa, sendo que o casadinho possui uma textura mais densa.


A lenda por trás do bem casado


Diz a lenda do bem casado que para ter prosperidade e felicidade na união do casal, você como noiva deve encomendar e distribuir o doce a todos os convidados do casamento.


Assim, no final da festa é entregue um doce para cada presente na ocasião. Além dos noivos, os convidados que comerem o bem-casado também terão sorte em suas vidas.


A simbologia do doce está presente até na sua estrutura, possuindo duas bolachas de pão de ló, simbolizando o casal. O recheio reflete o respeito mútuo desse relacionamento.


Receita do bem casado


Entre os ingredientes do bem-casado tradicional, estão os ovos, açúcar, fermento em pó, farinha de trigo e doce de leite.


Apesar do bem casado mais pedido ser com doce de leite, há outras versões com recheios de baba de moça, chocolate, goiaba e pistache. Já a alternativa light do doce, envolve bem-casado sem glúten e lactose.


Em seu casamento, se você for realmente fã do doce, existe a possibilidade de fazer o bolo do bem-casado.


Além de uma festa de casamento, o doce ganha outras roupagens e aparece em diversos eventos.


O bem-casado encontrado em outras comemorações muda de nome e de embrulho, porém ainda é a mesma guloseima. Veja a seguir onde mais o bem-casado está presente e o que ele simboliza nestes eventos.


• Nas festas de empresas: conhecidos como bem-sucedidos, representam fortuna e prosperidade.


Festa de debutante: os bem-jovens expressam a juventude eterna.


Aniversários: os bem-vividos exprimem felicidade na vida.


Nas bodas: chamados de bem-unidos, simbolizam o amor duradouro e o respeito do casal.


Formaturas: os bem-formados representam sucesso na vida profissional.


Na recepção do nascimento do bebê: são os bem-nascidos, onde os mesmos simbolizam saúde e felicidade ao bebê recém-nascido.


Outros eventos também podem oferecer o bem-casado, como chá de fralda, chá de panela, primeira comunhão e crisma.


Diferentes tipos de embrulho


Quando você for escolher o embrulho do bem casado, há diferentes opções, com variados preços.


Para que o embrulho seja perfeito, o mesmo precisa se relacionar com a decoração do evento. O tradicional, bastante requisitado pelos noivos, são aqueles embalados com papel crepom e fita de cetim.


Você pode optar pelo papel crepom nacional ou importado, ou escolher outros tipos de papel, como o metalizado. Há ainda quem goste da embalagem de renda, colocados em caixinhas.


Com relação às fitas do bem casado de casamento, as mesmas podem ser de cetim, gorgorão, voil e de veludo.


As diversas cores dos papéis, aliadas aos acessórios opcionais do bem-casado, refinam ainda mais o doce. Os acessórios englobam medalhinhas, pimentas, fitinhas de algum santo religioso e flores de tecido.


O bem-casado continua sendo uma unanimidade?


Alguns outros doces saborosos são requisitados atualmente numa festa de casamento, como os macarons e brigadeiros de colher.


Porém, o bem-casado continua sendo indispensável como lembrancinha de casamento, pelo sua tradição, simbolismo e ligação direta ao casamento.


Assim, os demais doces do momento complementam o bem-casado, isto é, podem ser servidos em conjunto.


Qual a quantidade ideal de bem-casados?


Na sua festa de casamento, calcule ao menos 2 bem-casados por pessoa, já que alguns convidados levam a mais para comer em casa e também para dar aos familiares.


Conclusão


O bem-casado é uma lembrancinha indispensável para compor o seu casamento, por representar a preferência de muitos convidados no quesito sabor. Ele simboliza ainda sucesso para todos os envolvidos na ocasião.


Portugal é a origem do bem casado, cujo está presente nos casamentos e ainda nos aniversários, bodas, festas de debutante, festas das empresas e nas formaturas.


Este doce tem outras possibilidades de recheio, além do doce de leite, como o chocolate, goiaba, baba de moça e pistache. Os inúmeros embrulhos, fitas e acessórios embelezam e personalizam essa iguaria.